31 de dez de 2010



A banda britânica Unkle Bob tem uma história nova na música, não são conhecidos mundialmente e ao que parece não têm pretensões de se tornarem um grande nome da indústria fonográfica.

Os gatotos, que lançaram seu primeiro álbum em 2006 fazem aquele estilo que "O Homem e a Moda" tanto adora: batidas gostosas, bandolim usado da melhor maneira possível e canções com cara de fim de tarde. Ouça "Put a Record On", tema do filme "My Sassy Girl" e uma das preferidas do blog.



Comente!

28 de dez de 2010


“Minha ideia do paraíso é a de passear de carro pelas estradas de cascalho da Toscana, muito feliz por estar perdida”
(pág.18)

“Minúsculas clementinas ... suas cascas na lareira ... onde ficam negras e murcham, deixando escapar o cheiro penetrante do seu óleo que queima. Como os dias são curtos, os jantares são demorados e de longa preparação.”
(pág.257)

“Sinto-me imersa aqui; minha vida real me parece remota.”
(pág.147)

(Sob o Sol da Toscana - Frances Mayes)

Cozinhando com palavras

Chapéu: Cavalera
Camisa: Riachuelo (por Oskar Metsavaht)
Botton: Full Vinyl
Bermuda de alfaiataria: Feita pela minha mãe
Mocassim: Brechó Reinvenção

Deixe seu comentário!

24 de dez de 2010


Styleclicker

Sou um apaixonado pelo natal. Apesar de não haver neve, não ter tanto aquele clima de inverno que dá o tom das festas fora do Brasil, a data me enche de alegrias. Talvez pela união que vem por causa dela, ou pelas festividades repletas de felicidade.

Para entrar no clima e se preparar para a ceia e os presentes, selecionei minhas músicas natalinas preferidas, cantadas por algumas bandas que passam o ano inteiro tocando no meu Ipod. Dê play em cada uma delas.

Tenham todos um natal cheio de alegrias, união e claro, uma ceia bem farta.

The Raveonettes - The Christmas Song



Jimmy Eat World - Last Christmas



Eels – Christmas Is Going To The Dogs



23 de dez de 2010


Fim de ano é época de comprar novas roupas, juntar os amigos, a família e fazer aquela festa (comida à vontade hein!). Agora se você ainda está com dúvida sobre o que usar na véspera do dia 25 de dezembro, temos a solução. “O Homem e a Moda” monta seu look de natal.

A começar pelo blazer vintage, escolhi essa peça por ser tão atemporal quanto qualquer outra, e além de tudo, é a cara da festa que reúne as pessoas que amamos. A camisa branca é clássica e tenho certeza que não falta uma no seu armário. Como vivemos em um lugar quente, optei por uma bermuda de alfaiataria, mas se você gostar mais da calça, uma escura é a opção certeira. Com uma produção tão neutra, não poderia deixar de colocar a cor símbolo do natal: o vermelho. A opção é uma moderna gravata borboleta para sofisticar o look (se estiver com muito calor, deixe-a de lado). Oxford’s de borracha da Melissa foram os achados de 2010, então não hesite em usar o seu na produção. Pra fechar, um relógio de prata para não perder à hora e a elegância.

Tomou nota? Inspire-se, mande seu look de natal para Lucasm.89@hotmail.com e apareça no blog “O Homem e a Moda”.



01 – Blazer Vintage – Lanvin para H&M
02 – Cinto clássico – Hugo Boss
03 – Bermuda de alfaiataria – Riachuelo
04 – Camisa – Westfall
05 – Calça – Colcci
06 – Relógio - Armani
07 - Gravata borboleta – Mercado Livre
08 e 09 – Sapato Oxford – M:Zero


22 de dez de 2010


Quando meu amigo Ivo Escossia mostrou esse editorial da New Wave Magazine, minha reação foi rápida, e boa, claro. É inegável o quão bonito ele é, talvez um dos mais belos de 2010. Mas uma foto chamou a atenção do "O Homem e a Moda". Trata-se da emblemática imagem da bicicleta com uma bolsa Louis Vuitton. Não por ser uma das criações de Marc Jacobs, mas sim pela simplicidade e beleza da mesma.

De tantos editoriais masculinos que vimos no blog em 2010, esse certamente é um dos mais bonitos. Só mostra que não é necessário excessos e várias informações ao mesmo tempo para algo se destacar, e que o menos, no final, acaba sendo sempre mais.

As fotos são de Romeo Mori e styling e edição de Laurent Folcher.


Não esqueça de deixar sua opinião!

21 de dez de 2010


Há algumas semanas, o estudante de jornalismo João Paulo de Freitas me enviou um email com um convite interessantíssimo: falar de moda masculina para a Revista Aldeota, não preciso nem dizer que aceitei na hora não é mesmo?

Trata-se de um especial de fim de ano em que a revista chamou os alunos da UNIFOR, do projeto LABJOR para produzir uma edição inteira com conteúdo escolhido pelos próprios alunos.
Tive o prazer de falar sobre algo que amo e escrevo quase todos os dias pra vocês.

Então folheiem a versão online da revista. Minha entrevista está com o ótimo título “Cuecas de Chiffon”. Mas não deixe de conferir o conteúdo completo, está lindo.


7 de dez de 2010


"Tudo o que somos nasce com nossos pensamentos. Em nossos pensamentos, fazemos o nosso mundo."
(Buda)

"A ação nem sempre traz felicidade, mas não há felicidade sem ação."
(Benjamin Disraeli)

"A alegria é o fogo que mantém aquecido o nosso objetivo, e acesa a nossa inteligência."
(Helen Keller)

Será que eu amo fast fashion?


Camisa jeans: Renner
Cardigã: Riachuelo (seção de pijamas!!!)
Skinny: Riachuelo
Dockside: Giovanni Bruno
Pulseira: Acervo

Não esqueça de deixar um comentário

6 de dez de 2010



Marc Webber e Catalino Sandino Moreno em cena de "Um Amor Jovem"

Um Amor Jovem. Começo a falar desse filme com uma frase que fecha o mesmo. Uma frase que está no fim dos créditos (provavelmente você também vai querer ficar até a última palavra escrita no fundo preto, tamanha a qualidade musical que segue os letreiros). “Nunca é tarde demais para se ter uma infância feliz”, palavras de Tom Robbins que traduzem bem a sensação que sentimos ao terminar de assistir a esse delicioso filme, uma obra escrita e dirigida por Ethan Rawke (lembram dele em Antes do Amanhecer?). Na verdade a película é uma adaptação de um livro escrito por ele e que conta a história de William, um aspirante a ator que não consegue sentir e entender o amor, até que conhece a bela e misteriosa Sarah, garota que acabara de chegar à Nova York buscando individualidade e uma carreira na música.

Falando em música, todas que tocam durante o longa foram escritas especialmente para ele por Jesse Harris, que aproveitou para convidar nomes como Feist, Bright Eyes, Willie Nelson e Norah Jones para emprestar suas vozes para as canções.

O filme se desenrola na relação ora intensa, ora distante do casal, mas tudo de uma forma bonita e longe dos clichês desse tipo de fita. Tudo se encaixa em um roteiro que prima pela simplicidade dos acontecimentos.

Ótimas atuações, roteiro consistente e uma trilha sonora repleta de folk e envolventes instrumentais garantem você no sofá até o fim. O filme não quer dar uma lição de moral em ninguém, nem ficar sentimentalista demais, apenas manter intensas as pequenas emoções. E sim, ele consegue fazer isso muito bem.

O Homem e a Moda” recomenda. Veja o trailer.


Alugue hoje mesmo!